Astral CulturalLiteraturaResenhas

Resenha: A Sétima Cela – Kerry Drewerry

 

Olá pessoal,

Chegou da Astral Cultural o kit de A Sétima Cela e veio com esses marcadores, uma carta e dois convites.

Assim que vi já me chamou atenção sobre o tema que o livro trata, acabei lendo o livro em 2 dias.

A Sétima Cela é o primeiro livro da Trilogia A Cela, sendo que o segundo volume tem previsão de lançamento nos EUA em junho de 2017.


Titulo: The Gravity of Us

Autora: Brittainy C. Cherry

Nº de Páginas: 369

Ano de Lançamento: 2017

 

RESENHA SEM SPOILERS

Martha Honeydew se declara culpada pelo assassinato de Jackson Paige, o queridinho da TV nacional e tem apenas mais sete dias até o público decidir se ela deve viver ou morrer numa cadeira elétrica.

Num mundo distópico onde a criminalidade estava acima do suportável, foi criado um sistema “democrático” onde os acusados teriam sete dias num corredor na morte para serem julgados pelo público. Sim, isso mesmo, como se fosse uma eliminação no Big Brother, o público vota por ligação telefônica, SMS e online se os acusados são inocentes ou culpados pelo crime.

O caso de Martha choca a todos por conta da importância da vítima e o fato de que ela é a mais nova a entrar no corredor da morte, com apenas 16 anos. Logo no primeiro dia ela conhece sua psicóloga, Eve Stanton, que descobrimos mais tarde ter uma relação com esse novo sistema judiciário.

Eve começa a desconfiar que Martha é inocente e está mentindo para proteger o real assassino de Paige. Então, começa uma corrida contra o tempo para evitar a morte certa da adolescente e partir daí o livro desenrola.

Kerry tem uma escrita fluída e envolvente, uma vez começado o livro só dá vontade de parar quando acabar. Como a maior parte do livro ele é narrado em 3ª pessoa, temos uma boa visão do universo como um todo, o que cada personagem está fazendo para contribuir com a história.

O mais interessante para mim foram as críticas sociais abordadas pela Kerry. A principal delas é a fácil manipulação da massa. O corredor da morte é transmitido por um programa de TV em que claramente a execução é transformada num reality show para entreter a população. A apresentadora do programa diz todo o possível para condenar previamente o acusado sem a necessidade de provas e a população que assiste ao programa é manipulada a acreditar que o sistema é democrático e que tem um papel relevante na decisão judicial do país. O que obviamente não é verdade, já que só os mais ricos tem o dinheiro para votar nos acusados e muitas vezes o que os convidados do programa falam é distorcido a fim de desacreditar na inocência do acusado.

O final de certa forma é previsível e não deixa aquele gancho irresistível para o segundo livro, que ainda deve demorar um pouco até sair no Brasil.

A capa, diagramação e tradução ficaram muito boas, parabéns pelo trabalho Editora Astral Cultural!

Para quem gosta de distopia, misturada com mistério e romance, esse livro é uma boa pedida.

 

E vocês, já leram?

 

Até a próxima!

 

Beijos,

Carol Ordonha

Carol Ordonha

Post anterior

Resenha: The Gravity of Us - Brittainy C. Cherry

Próximo post

This is the most recent story.

1 Comment

  1. Janaina silva
    abril 22, 2017 at 9:56 pm — Responder

    Oi Carol,não conhecia o livro. E achei essa distopia bem diferente.
    Positivamente falando!
    Que crueldade seriam julgamentos assim. As pessoas conseguem ser bem cruéis quando tem uma oportunidade.
    A mídia tenta o tempo todo manipular todos nós.
    Gostei dessa trama !

em resposta a:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *