Galera RecordResenhas

Resenha: Cidade de Vidro – Cassandra Claire

glass-br.indd

alert1

CIDADE_DE_VIDRO_1358715305Pequena

Título: Cidade de Vidro – Os Instrumentos Mortais Vol.3

Autora: Cassandra Claire

Editora: Galera Record

Nº de Páginas: 476

Ano de Lançamento: 2011

5

 Sinopse: Clary está à procura de uma poção para salvar a vida de sua mãe. Para isso, ela deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, criando um portal sozinha. Só mais uma prova de que seus poderes estão mais sofisticados a cada dia. Para Clary, o perigo que isso representa é tão ou menos assustador quanto o fato de que Jace não a quer por perto. Mas nem o fora de Jace nem estar quebrando as regras irão afastá-la de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la a curar a mãe.

RESENHA_

Primeiramente, eu quero falar que qualquer dia eu apenas vou MORRER do coração com essa série. O curioso, é que eu nunca me interessei por ela até eu achar uma promoção com os quatro primeiros livros e ainda bem, ter a coragem pra comprar. Mal eu sabia que estava perdendo a chance de ler uma das melhoras séries de ficção já vista.

A minha vontade de dar umas porradas na Clary não passou, ela é muito perdida e isso me irrita um pouco; felizmente, ela está descobrindo os seus poderes e novas coisas que pode chegar a fazer com ele. O Jace, sempre lindo, perdi várias e várias vezes o fôlego por causa dele, tanto no sentido bom quanto no ruim, simplesmente adoro quando ele perde o controle, é quando da pra ver a real personalidade dele, sem a máscara que as vezes usa pra se esconder. Simon, Isabelle, Alec e até o Magnus crescem muito neste livro, a participação desses personagens são essenciais durante a narrativa. Alguns segredos sobre eles serão trazidos à tona, FINALMENTE!

 

“ – Você é minha irmã – disse, afinal. – Minha irmã, meu sangue,minha família. Eu deveria querer protegê-la – soltou uma risada silenciosa, sem qualquer humor – ,protegê-la de garotos que quisessem fazer com você exatamente o que eu quero. – Pág. 192

 

Clary descobre que a única forma de salvar sua mãe é ir para Idris e encontrar a poção mágica com a ajuda do feiticeiro Ragnor Fell. Então, ela mesma cria um portal e viaja “ilegalmente” para Idris contrariando a todos, principalmente Luke e Jace. De qualquer forma, Jace deixa bem claro que não quer Clary por perto e a manda embora. Valentim está mais forte que nunca e pretende atacar a cidade de Alicante, para derrotá-lo, a Clave deve lutar lado a lado com os membros do Submundo ou aceitar sua prematura derrota.

 

Cidade de Vidro teve ação, lutas, reviravoltas, personagens novos super importantes, mistérios do início ao fim, isso deixou a história muito mais interessante e envolvente do que os livros anteriores. Eu simplesmente AMEI o rumo que a história tomou, ficaria muito chateada se tivesse sido diferente. UM GRANDE SEGREDO SERÁ REVELADO; fiquei com o coração na mão várias vezes de tanta emoção, suspirei e quase chorei (mentira,chorei sim!)

Achei a narrativa mais intensa em comparação aos outros livros e isso foi uma das coisas que fez ele entrar nos meus favoritos. Chega ser  difícil acreditar que a história tenha ficado ainda melhor, mas posso garantir que foi exatamente isso que aconteceu.

Eu queria falar muito mais sobre o livro, mas posso acabar soltando algo que não deveria.

 Os Instrumentos Mortais:

Cidade dos Ossos

Cidades das Cinzas 

Só digo, preparem-se!!!

Beijos.

yam Yamille Bicharra 

Jaira Costa

Jaira Costa

Apaixonada por livros, ama música, chocólatra, viciada em séries. Calada, hiperativa, sincera, cheia de idéias na cabeça e com pouco tempo pra colocar elas no papel. Publicitária, futura escritora (escrevendo pra chegar ser uma de verdade). O resto você descobre aqui no blog.

Post anterior

Resenha: O Dom - James Patterson

Próximo post

Resenha: A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista - Jennifer E. Smith

7 Comments

  1. novembro 20, 2013 at 11:58 am — Responder

    Olá Yamille…
    Dei uma “lidinha” na resenha para não acabar com a surpresa da leitura,pois ainda não li nada desta série, mas morro de vontade de ler essa série, parece ser ótima! è uma das minhas metas para ano que vem…
    Espero poder conferir em breve!!
    Beijinhos!!

  2. novembro 20, 2013 at 2:02 pm — Responder

    eu ainda não li esse livro, e essa revelação que vc falou, espero que seja uma que to bem curiosa pra ler, e que seja boa. eu tenho um pouco de amor e ódio por essa autora, por ela fazer a gente sofrer, e o jace eu adoro ele, então não gosto que ele sofra rsrs

    bjisss

  3. novembro 21, 2013 at 2:04 pm — Responder

    Eu AMO a série Instrumentos Mortais! O Jace é um lindo e a Calry é meio chatinha, mas acho que ela amadureceu bastante nesse terceiro livro. Li o Cidade das almas perdidas (4o livro) e não gostei muito. Já comprei o 5o. livro e estou louca para lê-lo.

  4. novembro 21, 2013 at 8:23 pm — Responder

    Olá!
    Para mim, esse foi o melhor livro da série (sem contar o último que ainda não foi lançado né…rs)
    Mas é o que mais tem ação, romance, mistérios, aventuras…
    Realmente, a escrita da Cassandra é fantástica!
    Ótima resenha 🙂
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

  5. novembro 27, 2013 at 6:29 pm — Responder

    Dos livros que eu li, esse foi o que eu gostei mais. Eu gostei muito do final da trilogia, por isso não me agradou quando a autora resolveu estende-la. Tenho o quarto livro, mas ainda não tive coragem de ler, vou esperar sua resenha pra ver se a série continua boa 🙂
    Amei a resenha *-*
    Beijos

  6. novembro 30, 2013 at 1:44 am — Responder

    Graças a Deus a resenha não contém nenhuma sombra ou vestígio de spoiler rsrsrs
    Porque a senhorita Lara (eu, euzinha aqui) ainda não leu, apesar de ter toda a vontade do mundo pra fazer isso. Só estou esperando lançar todos para comprar o box (com certeza vai ter um com todos) e deixar a minha vida completa rsrs Fantasia tem de sobra e como dizem que a leitura, assim como a história, é bem ágil e desenvolvida eu fiquei com muita vontade de acompanhar (espero que não demora tanto pra isso, né?)

  7. novembro 30, 2013 at 12:35 pm — Responder

    Hey! Esse é o meu preferido da série, até agora. Não estou conseguindo ler o quarto livro por não suportar a Clary T.T Eu quase joguei Cidade de Vidro pela janela algumas vezes, especialmente no final. Amei sua resenha ^^

    P.S. Jace <3

em resposta a:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *