Novo SéculoResenhasUncategorized

Resenha: Louca por Você

BeFunky_Louca-por-vc-07.jpg

alert

LOUCA_POR_VOCE_1318863038P

Título: Louca por Você

Autora: Fernanda Belém

Editora: Novo Século

Ano: 2011

N° de páginas: 308

2

Sinopse: O que acontece quando um reencontro desperta um sentimento que você acreditava já ter esquecido? Renata achava que precisava apenas de um pouco de agito no namoro com Rodrigo. A rotina dos três anos de relacionamento havia acabado com todo tipo de frio na barriga e até mesmo com a paixão. Mas como agitar uma pessoa que parece não querer sair do lugar? Desesperada por mais emoções nos seus vinte e poucos anos, Renata decide mexer com o passado. De repente, o simples envio de um convite de aniversário para o antigo namorado faz o mundo virar de cabeça para baixo. Renata encontra no ex a adrenalina que tanto sentia falta. O problema? Ele também era comprometido. Entre e-mails, amigas, brigas, confusões, encontros, desencontros, ciúmes e tentações, Renata tenta amadurecer e espera tomar a decisão certa.

RESENHA_

Não são apenas flores que formam um jardim, também existem as ervas daninhas, talvez Louca por Você seja a erva daninha do jardim de livros nacionais lidos por mim até o momento.

Cerca de dois anos atrás conheci o trabalho da Fernanda e desde então vinha tentando comprar ou ganhar Louca por Você, até que, alguns meses atrás, vi o livro em promoção corri e comprei, quando finalmente tive o livro em mãos a vontade de ler era enorme, mas a falta de tempo era maior ainda, por isso apenas só consegui ler a alguns dias atrás e olha acho que poderia ter adiado a leitura um pouco mais.

Renata é uma mulher de 23 anos que namora Rodrigo, mas ela sente que o relacionamento deles está meio morno, sem emoção alguma e Rodrigo não parece disposto a mudar as coisas. Quando seu aniversário se aproxima ela decide convidar alguns amigos para ir a uma boate comemorar, ao enviar um email aos amigos inclui o seu ex-namorado Vitor na lista de pessoas que recebem o email convite. Ela e Vitor namoraram durante 5 anos, mas não se vêem e não mantém contato a 3 anos desde que terminaram. Chegado o grande dia Vitor aparece na boate e no momento que Renata o vê reaparece nela todos os sentimentos que ela tem por ele, mas agora ambos estão comprometidos, como isso poderá ser resolvido?

Embora a personagem principal e a maior parte dos outros personagens sejam adultos eles se comportam como adolescentes, durante toda a leitura do livro eu me senti lendo Thalita Rebouças, além de se comportarem dessa maneira só um personagem no livro aparece trabalhando e uma foi demitida, todos os outros estão disponíveis 24 horas por dia para fofocar e ir para balada no meio da semana. E a Renata passa o livro inteiro na faculdade e não se forma ou se faz isso não é relatado. Sem contar a pergunta que me perseguiu a leitura inteira, do que ela faz faculdade? Nos relatos de roupas dos personagens a autora não abre mão de detalhes, mas em alguns pontos críticos da obra fica faltando coisa o que acaba comprometendo a formação do personagem. Eu posso estar sendo chata, mas eu acho importante que já que ela está na faculdade seja dito o que ela faz lá. O livro se passa no Rio de Janeiro, mas as belezas da cidade também não aparecem nele, a cidade é cheia de pontos que poderiam ser bem aproveitados criando cenários maravilhosos, mas apenas um lugar é aproveitado e por sinal poderia ter sido bem mais explorado. Essa falta de descrições cria certa pobreza na obra.

Eu prefiro não fazer comentários sobre o romance entre a Renata e o Vitor, porque até o romance conseguiu deixar muito a desejar, eu esperava que esse fosse o grande ponto da obra, que isso me desse a vontade de continuar a leitura, mas eu só consegui odiar ambos os personagens, eles são um casal de Malhação, que você torce para algum ruim aconteça para ter alguma emoção.

Se a ideia da autora ao escrever foi construir um livro jovem e fácil de ser lido, ela poderia ter trabalhado apenas a fase adolescente do namoro do Vitor com a Renata, se ela tivesse abordado dessa forma teria ficado um livro muito gostoso de ler, mas como adultos a quantidade de falhas que o livro tem tornou ele uma leitura que, infelizmente, eu não posso recomendar.

Talvez eu tenha sido relapsa na leitura, talvez eu seja exigente demais, talvez eu seja uma chata de galochas, talvez eu pense como aquela velinha que brigava quando algo caia no quintal dela, talvez eu tenha compreendido errado a mensagem que a autora desejava passar, talvez o livro não tenha sido escrito para alguém como eu ler, de modo algum posso afirmar que as minhas impressões sobre a obra são as únicas corretas, posso apenas dizer que o que relatei acima foi o que senti durante a minha leitura.

Louca por Você entrou no ranking das piores leituras que já tive o desprazer de fazer e eu recomendo apenas para quem quer fazer uma leitura que não vá acrescentar nada a sua vida.

Caso a autora ou alguém que tenha lido e entendido o livro queira conversar comigo e tentar mudar a minha opinião ou apenas apontar onde eu me equivoquei eu peço que, por favor, me mande um email que eu lerei e responderei o mais breve possível.

Então pessoal acho que é isso, alguém leu? Alguém pretende ler? Alguém vai me xingar? Comentem pessoas, estou aqui para o que der e vier –q.

Beijão e até logo.

thalita_oliveira

Jaira Costa

Jaira Costa

Apaixonada por livros, ama música, chocólatra, viciada em séries. Calada, hiperativa, sincera, cheia de idéias na cabeça e com pouco tempo pra colocar elas no papel. Publicitária, futura escritora (escrevendo pra chegar ser uma de verdade). O resto você descobre aqui no blog.

Post anterior

Resenha: Por Um Momento Apenas - Bella Andre

Próximo post

Resenha: Toda Sua - Sylvia Day

18 Comments

  1. julho 12, 2013 at 12:42 pm — Responder

    Entendo a sua crítica. Sou como você, gosto que os personagens sejam maduros de acordo com a idade. Ou que pelo menos, se forem imaturos, que o autor deixe isso claro e não apresente um comportamento infantil como comum para a faixa etária dos personagens. Acho que a autora deste livro desejou dar ao tempo do relacionamento um peso maior do que na experiência vivida. É mais fácil dizer que um romance de longos 5 anos pode provocar dúvidas do que dizer que um romance com menos tempo de convivência, mas que foi intenso e apaixonado, faça o mesmo. ^^’ Foi a minha impressão ao ler sua resenha.
    Estou trabalhando em meu próprio livro no momento (a ser lançado em meados do ano que vem). Espero, sinceramente, não me tornar uma erva-daninha. :/ Adoraria saber sua crítica na ocasião, porque aprecio sinceridade.
    Beijos!

    • agosto 2, 2013 at 2:27 pm — Responder

      Oi Fran, acho que a autora perdeu a mão da obra, ela tentou criar algo e acabou não conseguindo isso.
      Se quiser a avaliação é só entrar em contato que a gente conversa 😉
      Beijão.

  2. julho 12, 2013 at 11:08 pm — Responder

    Oi, a capa é muito bonita.
    Pena que o livro deixou muito a desejar.
    É o tipico livro que eu leria apenas por distração, quando não tivesse nada a fazer.
    Não gosto de livros que os personagens não parecem ter a idade que tem. Porque ela não falou sobre o que a personagem estava estudando na faculdade? É algo tão simples de se resolver.
    Depois da sua resenha, eu não leria esse livro, sinceramente suas palavras muito honestas tiraram todo o desejo que eu tinha por esse livro.

    @Linny_campos
    linny_campos@live.com

    • agosto 2, 2013 at 2:29 pm — Responder

      Oi Aline, eu achei bem errado a autora não ter dito sobre a faculdade, perdeu o sentido, ela poderia ter dito o curso ou dizia que ela resolveu largar os estudos e vivia de brisar.
      Beijão

  3. julho 13, 2013 at 12:11 am — Responder

    Não gostei da capa e a história nem me interessou muito, não sei se irei lê-lo algum dia.

    • agosto 2, 2013 at 2:31 pm — Responder

      Oi Jessyca, eu acho essa capa bem interessante, mas não achei ligação com a história :c . Obrigada pela visita.
      Beijão!

  4. julho 15, 2013 at 1:48 pm — Responder

    oi, Thalita

    menina eu li esse livro na época foi emprestado e não gostei muito não, achei tudo bem parecido como vc disse, a autora se perdeu e eu me perdi no meio da leitura, sem saber direito o porque dos personagens serem assim, não consegui imaginar eles ….não foi uma leitura que gostei muito, agora sei que não sou a única rsrs

    adorei a resenha, bem sincera

    bjis

    • agosto 2, 2013 at 2:33 pm — Responder

      hsuahsausha que bom achar alguém que também não gostou, já estava me sentindo meio estranha e achando que era a única hsuahsuahsau. Talvez se a autora lançar uma segunda edição e resolver esses “detalhes técnicos” a coisa fique melhor 😉

      Beijão e obrigada!

  5. julho 15, 2013 at 11:42 pm — Responder

    Tenho muita vontade de ler este livro. Sei que é muito fofo e que vou adorar a leitura!
    só me falta tempo.

    Adorei a resenha flor!!!!

    Bjkasss

    Lelê
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

  6. julho 16, 2013 at 3:50 pm — Responder

    kkkkk, adorei “durante toda a leitura do livro eu me senti lendo Thalita Rebouças”, essa foi ótima! Foi uma boa prévia do que o livro reserva para leitores mais adultos ou mais seletivos, rsrs… Não vou ler, deixa essas personagens amadurecerem e, lá na frente, quando a autora fizer uma continuação com personagens mais adultos, quem sabe, rsrs…

    • agosto 2, 2013 at 2:34 pm — Responder

      Acho que seria meio tenso uma continuação e eu não leria HSAUHSAUSHAUSAHSUA.

      Beijão!

  7. julho 18, 2013 at 1:47 pm — Responder

    Oi Thalita, eu sempre achei a capa desse livro fofa, mas depois da sua resenha, olha eu só leria caso ganhasse ele, é uma pena neh o livro ter decepcionado tanto, mas fazer o que? Realmente se são personagens adultos tem que agir como tal. Adoro ler resenhas sinceras e a sua foi bem criteriosa, abordou os pontos que te decepcionarm de uma maneira que não foi cruel com a autora, apenas foi a sua opinião no decorrer da leitura. Parabéns pela resenha.

    BjOs!!!

    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    • agosto 2, 2013 at 2:36 pm — Responder

      Oi Janna, que ótimo que gostou da resenha! A capa é realmente fofa, e foi uma das coisas que me atraiu, mas no decorrer da leitura vi que ela não fazia muito sentido :c .

      Beijão e obrigada!

  8. julho 22, 2013 at 7:04 pm — Responder

    É tão complicado fazer um comentário de uma resenha negativa, pois eu não li o livro e não posso dizer se você está com a razão e nem tenho o direito de criticar a obra.
    Acho que foi gentil da sua parte dar 2 “estrelas”, pelo jeito que descreve mal merece uma. Enfim, experiencias servem pra isso. Autores Nacionais ainda cometem erros bobos, mas ultimamente estou fascinada por eles. Só que tenho uma certa tendencia a ser mais critica com eles do que com os estrangeiros e por isso leio tudo quanto posso do livro antes de começar a leitura e me certificar que vou gostar. Mas entendo seu pondo de vista.
    Beijokas
    Jeh
    http://www.jeitodler.com

    • agosto 2, 2013 at 2:42 pm — Responder

      Oi Jessica, sempre gostei dos autores nacionais e procurei dar chances para eles, alguns erros são realmente bobos e muitas histórias acabam perdendo pontos na revisão, mas isso vem melhorando bastante nos últimos tempos, existem muitos autores bons por aqui, mas existem aqueles não tão bons, se bem que isso existe em qualquer meio “/.
      Beijão

  9. julho 23, 2013 at 7:31 pm — Responder

    Apesar de não ser um dos meus nacionais favoritos, eu gostei bastante desse livro.
    Eu curti sim a forma que a Fernanda explorou a protagonista, mesmo achando aquele namorado dela um panaca e tendo me entediado nos diálogos.
    Uma pena que você não curtiu Tata.

    Beijos
    http://www.leitoraincomum.com

    • agosto 2, 2013 at 2:47 pm — Responder

      O namorado dela é bem idiota mesmo D= , acho que a melhor coisa que ela fez foi terminar com ele.

      Beijão!

em resposta a:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *