Resenhas

Resenha: Toda Sua – Sylvia Day

BeFunky_2013-04-19 23.jpg

alertTODA_SUA_1343398683P

 

Titulo: Toda Sua

Autora: Sylvia Day 

Editora: Paralela

Nº de Páginas: 280

Ano de Lançamento: 2012

4

Sinopse: Eva Tramell tem 24 anos e acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Tudo parece correr de acordo com o plano, até que ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela – e provavelmente qualquer outra pessoa – já viu. Gideon imediatamente se interessa por Eva, que faz tudo o que pode para resistir à tentação. Mas ele é lindo, forte, rico, bem-sucedido, poderoso e sempre consegue o que quer – Eva acaba se entregando. Uma relação intensa começa. O sexo é considerado por eles como incrível. Capaz de levar os dois a extremos a que jamais tinham chegado. E, então, eles se apaixonam – o que pode ser tanto a chave para um futuro feliz quanto a faísca que trará de volta os traumas do passado.

RESENHA_

Esse com toda certeza é um dos melhores dessa nova fase erótica literária que temos no mercado. Pra quem já leu Cinquenta Tons de Cinza, como eu posso dizer que Toda Sua é bem melhor em vários aspectos. Bem escrito, não tem tantas repetições, os personagens são melhores, o enredo.

Eu amei Christian Grey e posso dizer que amei também Gideon Cross. O livro conta sobre um milionário Gideon Cross que se envolve com Eva Tramell, ela é uma mulher bonita, sexy, inteligente, sedutora e que fica completamente louca por ele.

Não é difícil ficar doida pelo cara, porque ele é bonito, rico, tem pegada, ou seja, muito do que algumas mulheres querem hoje em dia em um cara. (eu to nessa lista rsrsr). As cenas de sexo são bem detalhadas, então o livro não é indicado para menores de idade.

Gostei muito da Eva ela é uma mulher decidida, sabe o que quer, não é o tipo de mocinha que fica sofrendo, tem seus traumas sim, que infelizmente não são bem explicados nesse livro, pois acho que ficara para a continuação. O Gideon é um homem poderoso, dominador, que gosta de controlar as coisas ao seu redor, e isso posso dizer que deixa ele bem mais interessante, um dos meus amores literários com toda certeza.

“Piscando para despertar dessa espécie de delírio, eu o soltei. Ele não era apenas lindo, era… fascinante. O tipo de cara que faz uma mulher querer abrir sua camisa com um único puxão e ver os botões irem abaixo junto com as inibições.” pág 11

Outro personagem que gostei muito foi o amigo gay da Eva que vivi no mesmo apartamento com ela, ele é simplesmente doido dei muita risada graças a ele.

Não gostei da mãe da Eva, o mulher chata, fresca, cheia de coisa. Definitivamente odiei ela.

Indico o livro pra gosta de um romance erótico dos fortes, quentes mesmo. Já que Gideon e Eva juntos é fogo puro e daqueles bem quentes.

A escrita da autora é simples, fácil e de rápida leitura. Fiquei fã de Sylvia Day só por criar um Cross tão bom daquele jeito já merecia meu amor.

Eu já li continuação Profundamente Sua e logo tem resenha dele aqui para vocês.

Bom gente é isso, beijos a todos.

Fiquem bem.

jaira_assinatura

 

 

 

Jaira Costa

Jaira Costa

Apaixonada por livros, ama música, chocólatra, viciada em séries. Calada, hiperativa, sincera, cheia de idéias na cabeça e com pouco tempo pra colocar elas no papel. Publicitária, futura escritora (escrevendo pra chegar ser uma de verdade). O resto você descobre aqui no blog.

Post anterior

Resenha: Louca por Você

Próximo post

Novidades Harlequin: Segunda Quinzena de Julho

9 Comments

  1. julho 15, 2013 at 1:46 pm — Responder

    Oi Jaira!
    Gostei da resenha. Estava curiosa com o livro tem meses. Estou com os dois primeiros pra ler. Ainda nesse mês vou dar uma chance.
    Abç

    Suelen
    http://leitoramanauara.com/

  2. julho 15, 2013 at 1:51 pm — Responder

    eu já li esse livro e gostei bastante também, o Gideon é mesmo maravilhoso, meio pirado mas maravilhoso rsrs.

    ainda não li o segundo,mas to bem curiosa, já tem o terceiro e pretendo comprar os dois pra ler logo junto.

  3. julho 16, 2013 at 2:23 am — Responder

    Li Cinquenta Tons e eu gostei bastante.
    Estou querendo ler esse livro desde que terminei a trilogia do Cinquenta.
    Pela sinopse, eu diria que é a mesma coisa de Cinquenta Tons, mas lendo sua resenha, eu percebi que não é tão parecido assim.
    Um amigo gay? Isso sim torna um livro divertido, gays tem um ótimo humor nos livros que leio.

    @Linny_campos
    linny_campos@live.com

  4. julho 16, 2013 at 2:46 pm — Responder

    Eu concordo com cada palavra da sua resenha, flor. Li os volumes 1 e 2 da série Crossfire. Preciso ler o 3 ainda. *¬* É a melhor trilogia do gênero erótico (rs). Especialmente pela história do casal protagonista, que envolve sérios elementos que justificam a maneira como se relacionam sexualmente. Por diversos momentos, nas descrições das cenas de sexo, é possível perceber o controle e às vezes a punição que ambos procuram exercer um sobre o outro ou sobre si mesmos. Gostei disso, porque muitas vezes acabo por “pular” as cenas de sexo nos livros por uma descrição que se foca somente no erotismo e não acrescenta em nada à relação do casal (e à história).
    Adorei a resenha.

  5. julho 17, 2013 at 5:08 am — Responder

    Já li esse livro e não curti muito, minha amiga disse que melhora um pouco no segundo…vou tentar ler

  6. julho 18, 2013 at 1:41 am — Responder

    Ah sim, como não amar Gideon Cross???
    Eu to contigo quando diz que esse é melhor escrito do que o 50 Tons. Eu li os dois
    e prefiro disparado esse. Eu também adorei o Cary, ele é ótimo.
    Já li Toda Sua e o Profundamente Sua, louca pra ler Para sempre sua( ainda me falta ele na estante).
    Amora adorei a resenha, a gente tem o gosto bem semelhante né ;), e nossas opiniões sobre esse livro seguem a mesma ordem.
    Beijinhos
    @Agda01

  7. julho 18, 2013 at 2:10 pm — Responder

    Oi confesso que nunca tive curiosidade de ler esse livro, depois que li o primeiro da série Cinquenta tons de cinza, fico pensando que esses outros são tudo mais do mesmo, gosto da série Bella Andre. Quem sabe um dia eu leia esse para conhecer esse tal de Gideon que vem deixando a mulherada doida, hehe adorei a resenha Jaira Line, imagina que você não iria gostar de um livro desses (impossível neh kkk)

    BjOs!!!

    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

  8. julho 22, 2013 at 7:10 pm — Responder

    Então eu li os primeiros dois livros de Cinquenta Tons, e não gostei… entendo que tem um monte de falhas e tal. Todos falam da Syvia Day e como ela é superior ao primeiro citado, e eu sempre me sinto fora da casinha por que nunca li nada dela. Mas acho que não gosto do gênero erótico mesmo… Já sou mais velha, mas me sinto meio mal quando leio essas coisas (acho que no fundo sou inocente de mais kkkk) sei lá, só sei que não peguei essa nova modinha de eróticos…
    Beijokas
    Jeh
    http://www.jeitodler.com

  9. julho 24, 2013 at 12:25 pm — Responder

    Até peguei os 50 tons pra saber qual era, porque estava na lista dos mais vendidos. Não gostei. Achei algumas partes bem pesadas e desnecessárias. Não li.
    O problema com Toda Sua- que tb não li – é a mesma história do cara bilionário, lindo, com pegada… clichê. Detesto essa do cara ser $$$ endinheirado, como se isso o tornasse mais interessante. Acho machista, com tanta periguete procurando por isso… Não curto.

em resposta a:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *